Artigos, capítulos e mais

TRÄSEL, Marcelo; LISBOA, Sílvia; REIS, Giulia. Post-truth and trust in journalism: an analysis of credibility indicators in Brazilian venues [Pós-verdade e confiança no jornalismo: uma análise de indicadores de credibilidade em veículos brasileiros]. Brazilian Journalism Research, v. 15, n. 3, 2019, p. 452-473. Disponível em: https://bjr.sbpjor.org.br/bjr/article/view/1211

TRÄSEL, Marcelo. A eficácia da checagem de fatos no combate à desinformação. Cadernos Adenauer, v. 19, n. 4, 2018, p. 69-87. Disponível em: https://www.scribd.com/document/447790719/Cadernos-Adenauer-Ano-XIX-Numero-4

TRÄSEL, Marcelo. Hacks and hackers: the ethos and beliefs of a group of Data-Driven Journalism professionals in Brazil. Revista Famecos, v.25, n.1, 2018. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/27589

MIELNICZUK, Luciana; TRÄSEL, Marcelo. Jornalismo guiado por dados como inovação profissional e seus desafios para a educação. Contemporânea, v.15, n.2, 2017. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/contemporaneaposcom/article/view/21510

TRÄSEL, Marcelo. Jornalismo guiado por dados: aproximações entre a identidade jornalística e a cultura hacker. Estudos em Jornalismo e Mídia, v.11, n.1, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/jornalismo/article/view/1984-6924.2014v11n1p291

TRÄSEL, Marcelo. Aprendendo a se deixar guiar por dados: a formação dos jornalistas da equipe Estadão Dados. Revista Brasileira de Ensino de Jornalismo, Brasília, v. 4, n. 14, p. 85-99, jan./jun. 2014. Disponível em: http://www.fnpj.org.br/rebej/ojs/index.php/rebej/article/view/345

TRÄSEL, Marcelo. Toda resistência é fútil: o jornalismo, da inteligência coletiva à inteligência artificial. In: PRIMO, Alex (org.). Interações em rede. Porto Alegre: Sulina, 2013. [Comprar]

TRÄSEL, Marcelo. A pluralização no webjornalismo participativo: uma análise das intervenções no Wikinews e no Kuro5hin. Porto Alegre, 2007. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007. Disponível em: http://hdl.handle.net/10183/10469

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *