Para fazer crescer pêlos no peito

Torrada com tutano

Como prometi há alguns meses, realizei a receita de torradas com tutano assado do Fergus Henderson. Ficaram muito boas. O sal marinho moído que usei confere crocância e a salsinha funciona como contraponto ao sabor totalmente carnal do tutano.

Muita gente acha a medula óssea algo nojento para se comer, principalmente, suponho, por ser quase pura gordura. Porém, além de nutritivo, o tutano é delicioso quando se ultrapassa a resistência inicial. É um dos ingredientes principais das minhas sopas de carne com legumes. Escolho sempre os músculos com osso bem cheio de medula, para garantir maior consistência ao prato.

Tutano também é muito bom para fritar carnes.

6 Comentários

  • By Pelicano, o Felizardo, 11/01/2010 @ 19:45

    ADORO TUTANO

  • By Cláudio, 12/01/2010 @ 18:36

    Imagine comer sushi numa carrocinha de beira da praia. Pesadelo? Já desenvolveram o carrinho pra isso: http://www.youtube.com/watch?v=68jYDioYB6I&feature=player_embedded

  • By Luís Fernando, 22/01/2010 @ 12:19

    Olá, Trasel.
    Sou seguidor deste blogue há anos. Sensacionais as tuas experiências gastronômicas, bem como a descrição de todas. Até parece que estamos dividindo a mesa contigo (e, vai ver, é isso mesmo).
    Não consegui ver este vídeo. Será que é pedir muito que você me passe a receita por e-mail?
    Agradeço.
    Grande abraço e sucesso.

  • By Träsel, 22/01/2010 @ 14:58

    Não tem mistério, Luiís Fernando: é botar os ossos no forno até o tutano ficar com uma consistência gelatinosa e meio transparente, então retirá-lo com uma faca e passar no pão, salpicando com sal e salsinha.

  • By Luís Fernando, 22/01/2010 @ 17:37

    O Anthony Bourdain é fã de tutano.
    No livro dele, onde estão as receitas do Les Halles, isso é evidente. E tem uma receita de um demi-glace que é feita com ossos ao forno, de onde se retira o tutano gelatinoso.
    Farei certamente.
    Obrigado e um abraço.

Other Links to this Post

  1. Flor de Sal | Garfada - Onívoros, uni-vos! — 24/05/2010 @ 00:39

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

WordPress Themes