Dometila

A maior qualidade do café Dometila, um lugar extremamente agradável de frente para a praça Maurício Cardoso, no Moinhos de Vento, é o proprietário, Claiton. O sujeito leva a sério o serviço e a cozinha. Não à toa, o Dometila é chamado por algumas pessoas de “café do Claiton”.

Claiton leva a sério sua cozinha a ponto de mandar clientes que pedem para retirar e acrescentar ingredientes dos pratos irem comer no Subway, porque “lá dá para montar o sanduíche como quiser”. Quanto ao serviço, basta dizer que os clientes são recebidos com uma chuva de pétalas de rosa e tratados sempre pelo nome. Quando o movimento permite, Claiton senta à mesa para explicar com profusão de detalhes como é cada sanduíche, torta ou quiche. O proprietário também tem uma intuição bem certeira sobre o tipo de comida que cada cliente prefere. Em geral as pessoas escolhem a sugestão acompanhada de “você tem jeito de que vai preferir o seguinte…”. Vai ver, por outro lado, isso é apenas efeito das descrições saborosas dos pratos e cafés.

O melhor do Dometila é que a qualidade da comida e dos cafés está à altura do serviço e do ambiente. Tudo é belíssimo, e tudo é no mínimo bom. Como se não bastasse, os preços são os mesmos ou apenas marginalmente mais altos do que os de qualquer outro café de alta estirpe da cidade.

DOMETILA
Praça Maurício Cardoso, 49 – Mapa
51 3346-1592

6 Comentários

  • By Guilherme Atencio, 17/05/2009 @ 16:35

    Parece ser meu tipo de lugar.
    Acho chato cliente que fica modificando pratos. No Sharin, ouvi uma mulher perguntar ao garçom um sugestão de prato “sem pimenta e com pouco tempero”. Juro que deu vontade de levantar e dizer pra ela ir comer em outro lugar.

  • By Vica, 17/05/2009 @ 19:17

    Eu adoro o Dometila, melhor café da cidade, e os sanduíches são maravilhosos, do jeitinho que o Claiton prepara.

  • By Marco, 21/05/2009 @ 08:02

    Não conheço, mas tenho uma opinião sobre lugar que ” leva a sério sua cozinha a ponto de mandar clientes que pedem para retirar e acrescentar ingredientes dos pratos irem comer no Subway, porque “lá dá para montar o sanduíche como quiser”: Pretensão. É como pedir um prato de carne e o garçom não perguntar o ponto que se deseja para a carne, pois lá só a servem mal passada. O cliente terá toda a razão do mundo em não voltar + lá, e não é preciso dizer que os clientes são a única razão de existência de um restaurante.

  • By alice, 22/05/2009 @ 17:57

    Apesar de gostar da comida, achei o atendimento um pouco “falso simpático”. Comigo eles tentaram o “você tem cara de que vai gostar de…” e erraram feio. O sorriso se desfez na hora da cara do garçom (era o dono?). Como não errar se eles não me conheciam? Por que se chatear se o truquezinho não funcionou? Tb não volto mais, porque afinal nem era tão bom assim.

  • By Fê Aldabe, 07/06/2009 @ 22:38

    Eu gosto do Dometila, mas algumas coisas me incomodam. O ambiente apesar de ser aconchegante (eles dão até mantas para tu se esquentar no inverno)tem uma decoração kitsch demais pro meu gosto. O atendimento às vezes me parece um pouco forçado, e acho que mandar um cliente ir comer no SubWay porque ele quer mudar um ingrediente de um sanduiche é uma grosseria e não uma preocupação gastronomica. Fora isso, os sanduiches e as tortas são boas. Normalmente vou lá comer um doce (por que por aqui os restaurantes parecem virar abóbora depois da meia noite), e sempre peço uma torta de doce de leite com damasco. A de marzipan com chocolate também é interessante, mas assim, são aqueles doces meio MASSUDOS. Na real, os doces, o atendimento, a decoração, enfim, tudo é meio OVER, mas é bom.

Other Links to this Post

  1. Votando no ranking gastronômico de Veja | Garfada - Onívoros, uni-vos! — 15/04/2010 @ 22:38

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

WordPress Themes