Posts tagged: 2009

O melhor de Porto Alegre em 2009

Este √© o primeiro ano em que farei uma lista dos melhores restaurantes, caf√©s, armaz√©ns e outros produtos e servi√ßos relacionados √† gastronomia em Porto Alegre. Nunca antes me senti confort√°vel em faz√™-lo, porque pensava ser necess√°rio conhecer melhor o cen√°rio gastron√īmico da capital. Ap√≥s quatro anos de Garfada, por√©m, creio ser chegado o momento.

√Č claro, nem sempre os aspectos t√©cnicos s√£o o fator preponderante nas escolhas. Alguns selecionados t√™m para mim mais apelo afetivo do que propriamente gastron√īmico.

Convido os leitores a indicarem seus favoritos no espaço para comentários.

1. Del Barbiere — Sem sombra de d√ļvida, o campe√£o do ano. Alguns leitores j√° devem estar pensando que sou amigo de inf√Ęncia ou almo√ßo de gra√ßa no restaurante de Marcelo Schambeck, de tantos elogios rasgados por aqui. Acreditem, por√©m, que realmente se revelou um lugar fora de s√©rie nos √ļltimos meses. A rela√ß√£o custo/benef√≠cio de comer no Del Barbiere √© imbat√≠vel.

2. Koh Pee Pee — O melhor restaurante de Porto Alegre no quesito qualidade da comida. Considero as vieiras grelhadas em molho de lim√£o o melhor prato que j√° comi em uma casa local. N√£o deixa de ser bizarro uma cozinha tailandesa ser a melhor de uma regi√£o sem absolutamente nenhum la√ßo hist√≥rico com o pa√≠s do sudeste asi√°tico.

3. Chez Philippe — Muita gente prefere a comida francesa do Bateau √évre, mas eu tive uma m√° experi√™ncia l√° e portanto continuo achando o restaurante de Philippe Remondeau o melhor para se degustar pratos da cozinha cl√°ssica. De fato, o Chez Philippe est√° empatado em qualidade com o Koh Pee Pee, mas fica em terceiro porque prefiro a comida oriental. Embora a proposta seja o cl√°ssico, ainda, talvez o card√°pio se beneficiasse de um pouco mais de ousadia.

4. Churrascaria Porto-Alegrense — A melhor carne da capital. Sem grandes luxos e sem uma profus√£o barroca de op√ß√Ķes de acompanhamentos — sabem aqueles buf√™s que v√£o da salada de alface ao sushi de chocolate com coco? –, a Porto-Alegrense acaba dando destaque ao que o Rio Grande do Sul tem de melhor a oferecer: a carne. A paleta de ovelha e a costela s√£o irretoc√°veis. N√£o deixe de provar tamb√©m o matambre e, um tanto inusitadamente, o p√£o de queijo.

5. Padaria Priscilla’s — √önico lugar poss√≠vel para se adquirir¬†muffins, brioches, bolinhos e outras guloseimas de padaria. Um dos melhores √© o cinnamon roll. O pat√™ de f√≠gado feito em casa √© muito recomend√°vel, tamb√©m. Ainda por cima, os pre√ßos da Priscilla’s s√£o razo√°veis.

6. Pudim da minha m√£e — Continua o melhor pudim de leite da cidade, apesar da concorr√™ncia da sobremesa no Fazenda Barbanegra.

7. Daimu — Junto do Sakae’s, √© o √ļnico japon√™s entre as dezenas de japoneses da cidade a investir nas receitas tradicionais. Serve o melhor sushi/sashimi de Porto Alegre, sem sombra de d√ļvidas.

8. Caf√© do Mercado — A banca no Mercado P√ļblico fornece a mat√©ria-prima para os viciados hardcore em caf√©. L√° se pode comprar gr√£os selecionados de diversas regi√Ķes do Brasil, com certificado de origem. O quilo da vers√£o org√Ęnica do caf√© especial para espresso custa R$ 31, abaixo da m√©dia para essa categoria, e o cliente ainda ganha um espresso cortesia, para ser sorvido num ambiente sem igual. Fica convenientemente pr√≥ximo da Macrobi√≥tica Sauer (castanhas, cereais integrais, tofu, damasco seco) e do Emp√≥rio Banca 38 (vinhos nacionais e importados a bom pre√ßo e delicatessen).

9. Damask — Atendimento atencioso do propriet√°rio palestino e o melhor falafel da capital. Fica numa casa simp√°tica na cidade baixa, com direito a um sal√£o para fumar narguil√© no segundo andar. Serve cerveja Heineken em garrafa de 600ml, que pode ser bebida enquanto o cliente aprecia videoclipes de m√ļsica √°rabe. Precisa mais?

10. Burger King — Alguns leitores podem considerar uma heresia eleger essa rede de lanchonetes como um dos destaques numa cidade famosa pelo xis-cora√ß√£o e pelo xis-calota. H√° muito tempo por√©m n√£o frequento mais lancherias — deve ter algo a ver com n√£o estar mais na rua de madrugada nos finais de semana — e n√£o poderia julg√°-las. Depois de anos de hegemonia do ins√≠pido McDonald’s, entretanto, √© um alento poder comer sandu√≠ches com gosto de carne de verdade nas noites de cinema. Um sinal de que o Burger King tem tudo a ver com a cultura porto-alegrense √© o BK Stacker:¬†sandu√≠che com quatro hamb√ļrgueres, bacon, queijo e, at√© h√° pouco tempo, a op√ß√£o de “molho furioso” que, pasmem, era apimentado de verdade!

WordPress Themes