Arquivo da tag: difamação

Felipe Vieira está me processando

Os representantes legais de Felipe Vieira, apresentador da Rede Bandeirantes, apresentaram uma queixa-crime por injúria e difamação contra mim.

O processo não corre em segredo de justiça, conforme informações disponíveis no TJ-RS na tarde de hoje. Portanto, sinto-me no direito e no dever de colocar a queixa-crime produzida pelo escritório Campos Advocacia Empresarial e assinada pelo advogado Norberto Flach à disposição dos leitores.

Queixa-crime

Nova Corja é processada mais uma vez

A Nova Corja está respondendo a um novo processo por injúria e difamação. Desta feita, o reclamante é o jornalista Felipe Vieira, âncora da BandRS. Reproduzo abaixo o texto que a Corja está divulgando por correio eletrônico:

Depois dos processos cível e criminal movidos pelo jornalista e
advogado Polibio Braga contra Walter Valdevino, ex-integrante da Nova Corja, e da liminar movida pelo Banrisul contra o blog A Nova Corja, agora é a vez do jornalista e âncora da Band RS, Felipe Vieira, entrar com ação criminal contra Rodrigo Oliveira Alvares, Leandro Demori, Walter Valdevino Oliveira Silva, Mário Camera e Jones Rossi, todos integrantes ou ex-integrantes do A Nova Corja.

Como o blog acredita que a transparência total e irrestrita é o primeiro passo para a consolidação de relações mais éticas no Brasil, enviamos link da página criada exclusivamente para acompanhar as movimentações processuais.

Um abraço
A Nova Corja

Falo apenas por mim mesmo quando digo que esse negócio de jornalista processar jornalista é coisa de maricas.

Todo cidadão tem direito a processar um jornalista pelo qual se sinta difamado, caluniado ou injuriado. Jornalistas, por outro lado, têm à sua disposição tanto a habilidade quanto os meios para investigar um desafeto e expor todos os seus podres ao mundo como forma de retribuição. Embora tenham tanto direito a processar outros jornalistas quanto qualquer cidadão, arrastar o nome dos acusadores na lama parece uma atitude dotada de maior hombridade.

Quero crer que os Felipes e Políbios da vida também pensam assim, mas se deparam com o fato de que nenhum integrante da Corja deve nada a ninguém e ficam sem alternativa, senão recair na mais abjeta pusilanimidade.